MENU

Ricardo Cardim

Botânico e paisagista, é mestre em Botânica pela Universidade de São Paulo e diretor da Cardim Arquitetura Paisagística. Apresenta um trabalho inovador em áreas verdes, resgatando a natureza original através de projetos e implantações em diferentes escalas. Recebeu em 2011 a Medalha Anchieta e o Diploma de Gratidão da Cidade de
São Paulo da Câmara Municipal pela descoberta de áreas de Cerrado sobreviventes na malha urbana. Foi colunista por 7 anos da Rádio Estadão e de 2013 a 2014 na Rede Globo. Curador nas exposições de longa duração do Museu da Casa Brasileira “A Casa e a Cidade” e “Remanescentes da Mata Atlântica & Acervo MCB”. Com o objetivo de resgatar as florestas nativas dentro da escala urbana, criou a técnica “Floresta de Bolso”, aplicada em áreas públicas e privadas com a participação da comunidade em mutirão e apoiada por empresas e poder público. O artigo científico
no International Journal of Biometeorology com o resultado da sua dissertação de mestrado foi citado pela revista Nature em 2017. Em 2018 publicou o livro “Remanescentes da Mata Atlântica: As Grandes Árvores da Floresta Original e Seus Vestígios” pela Editora Olhares.

[reportagem Revista Itaú Personnalité]