MENU

Projeto Grandes Árvores da Mata Atlântica

Projeto derivado da exposição “Remanescentes da Mata Atlântica & Acervo Museu da Casa Brasileira” para livro sobre a Mata Atlântica. Foram organizadas 6 expedições nos estados de SC, PR, SP, ES,BA e AL procurando trechos originais da floresta e suas árvores centenárias, participando o autor, Ricardo Cardim, com Luciano Zandoná (Botânico e fotógrafo) e Cássio Vasconcellos (Fotógrafo). Em 21 de setembro de 2018, Dia da Árvore, o projeto foi capa do jornal Folha de São Paulo. Parceiro: Museu da Casa Brasileira. Patrocinadores: Fibria Celulose Legado das Águas Reserva Votorantim Viveiro Fábrica de Árvores Café Orfeu Avenues School São Paulo Apoio Cultural: Instituto Florestal de São Paulo SOS Mata Atlântica RBMA Reserva da Biosfera da Mata Atlântica Fundação Florestal de São Paulo Instituto de Botânica do estado de São Paulo  
Leia Mais ›

SESC – livro-guia das árvores e vegetação da Av. Paulista

Para a inauguração do SESC Paulista foi proposto um livreto que conta a paisagem original e  mudanças do território paulistano com ênfase na Avenida Paulista. Também são apresentadas 15 árvores nativas significativas atuais, junto a ilustrações botânicas.
Leia Mais ›

Curadoria Museu da Casa Brasileira – Remanescentes da Mata Atlântica & Acervo MCB

Curadoria para a exposição de longa duração no Museu da Casa Brasileira em São Paulo “Remanescentes da Mata Atlântica & Acervo MCB”: Palavra do Curador Poucos sabem, mas a Mata Atlântica original era uma floresta muito diferente do a que o homem do século XXI pode ver nos poucos fragmentos sobreviventes. Raramente documentada nos séculos passados, escassos registros da “Caetê” ou “mata verdadeira” na língua indígena, chegaram aos nossos tempos, e não há notícias de acervos significativos sobre o tema. Essa lacuna histórica e ambiental, que atrapalha o entendimento para a preservação e recuperação futura da floresta, levou a formatação da exposição “Remanescentes da Mata Atlântica & Acervo MCB. Em última análise, o seu rico acervo de móveis brasileiros de diferentes épocas e madeiras, são os derradeiros registros de árvores e florestas do bioma extintas séculos atrás. Concomitante, a fim de incrementar o entendimento da exuberância da Mata Atlântica primária, propusemos algo atualmente raro na pesquisa histórica – uma expedição de pesquisa de campo durante 40 dias nas regiões dos estados de São Paulo e Paraná, em cidades que derrubaram suas florestas originais na primeira metade do século XX, na procura de fotografias, ferramentas e testemunhos que apresentassem a realidade natural […]
Leia Mais ›

Passeio pelas árvores de São Paulo – Duratex

Na Virada Sustentável de 2017, a Duratex presenteou os paulistanos com a chance de conhecerem suas árvores em seus aspectos históricos, culturais, botânicos e de cultivo. O passeio guiado de duas horas foi no Parque do Ibirapuera apresentando árvores nativas e exóticas, incluindo as mais comuns e as mais raras da metrópole. Local: São Paulo, SP Facilitadores: Duratex, Virada Sustentável, Prefeitura de São Paulo
Leia Mais ›

Feira Viva – Gastronomia e Biodiversidade

Feira Viva de Outono Uma feira para que se encontrem consumidores curiosos e produtores de alimentos. Para que o comprador se aproxime das dificuldades que quem produz. Diálogos sobre agricultura, meio ambiente e gastronomia. No MuBe, serão reunidos 25 expositores e quatro fogões (para preparos com os itens expostos), além de uma área de experiências (pagas, R$ 150) em que quatro chefs apresentarão usos simples para os ingredientes. Ao meio-dia, será a vez de Helena Rizzo (Maní) e Ivan Ralston (Tuju). Eles, por exemplo, cozinharão com farinha puba, cambuci e palmito de Palmeira-Real ao lado do ambientalista Ricardo Cardim. Às 15h, Alex Atala (D.O.M.) e Gabriel Broide (Mina) farão preparos com cará-roxo, pinhão e lambreta acompanhados do botânico Harry Lorenzi. É do produtor rural Patrick Assumpção, da Fazenda Coruputuba, da agrônoma Keila Malvezzi e da Sociedade Rural Brasileira a curadoria de produtores. No processo, eles levaram em conta modelos desenvolvidos no campo, como o meio ambiente é inserido na produção e o relacionamento com a região e a comunidade, além de aspectos gastronômicos. (Fonte: Folha de S. Paulo) Feria Viva de Inverno Participação em junho de 2017, em mesa redonda sobre a madeira “o diamante do futuro” com Hugo França […]
Leia Mais ›

LG – Apresentação e consultoria botânica para a nova lava e seca

Apresentação e consultoria botânica para a nova campanha da lava e seca da LG.
Leia Mais ›

Parede Verde Odebrecht

Consultoria botânica para restauração de parede verde com mais de 2000 m² no Edifício Odebrecht em São Paulo. Readequação de espécies, substrato e fitossanidade. Implantação: SkyGarden Envec veja mais
Leia Mais ›

Votorantim – Viveiro Legado das Águas

Dentro da maior reserva privada de Mata Atlântica do Brasil, o Legado das Águas Reserva Votorantim, com 31000 hectares a 90 km de distância da cidade de São Paulo, está sendo desenvolvido o primeiro viveiro voltado para a produção de plantas ornamentais da Mata Atlântica, com o objetivo de ajudar a mudar o atual quadro de 90% da vegetação no paisagismo de origem estrangeira e popularizar a Mata Atlântica nos centros urbanos. mais fotos na mídia:
Leia Mais ›

Parede verde Petrobras Pré-Sal

Consultoria botânica para readequação de espécies nativas da Mata Atlântica em 600 m² de jardins verticais em ambiente interno. Local: Santos, SP Arquitetura Paisagística: Benedito Abbud e Fernando Chacel. Implantação: SkyGarden Envec
Leia Mais ›

Brookfield – Diretrizes de Sustentabilidade

Consultoria para adequação para a sustentabilidade ecológica, menor manutenção e consumo de água do paisagismo do empreendimento Perdizes Autoral da Brookfield. Local: São Paulo, SP Arquitetura Paisagística: Takeda. veja mais
Leia Mais ›