MENU

Rio Pinheiros -13,5 Km de paisagismo e matas ciliares – Pomar & Marginal Verde

Projeto de paisagismo com a restauração da vegetação nativa original das margens do Rio Pinheiros, o Pomar & Marginal Verde, tem como objetivo reflorestar 13,5 km da Marginal Pinheiros e a mata ciliar nativa. Serão utilizadas apenas mudas nativas da Mata Atlântica da cidade. Com isso  a identidade do Rio será recuperada com linguagem paisagística, totalizando 18 mil árvores, de 120 espécies nativas regionais diferentes, 2 mil arbustos ornamentais e flores nativas de forração.A vegetação escolhida terá uma forte conexão com a história e cultura da cidade de São Paulo. O antigo nome do Rio Pinheiros é Rio Jurubatuba ou “Rio das Palmeira Jerivás” na língua indígena, por causa da antiga abundância de palmeiras em suas margens, que alimentava pássaros como esquilos, tucanos de bico verde e papagaios A proposta deixará um legado de séculos para a cidade de São Paulo, pois devolverá a margem nativa do Rio Pinheiros. É o começo de sua restauração e resgate para os paulistanos. Muitas das espécies que serão plantadas vivem mais de 200 anos e poderão ser apreciadas pelas futuras gerações. A vegetação também contribuirá para o equilíbrio do Rio Pinheiros quando ele for limpo, pois será responsável pela diminuição da temperatura da água, filtragem […]
Leia Mais ›

Estande Piscine Station – Prêmio Master Imobiliário 2017

Empreendimento único dentro do setor, o estande do empreendimento residencial Piscine Station da Gamaro possibilitou um projeto de paisagismo inovador. Em meio a um bairro tradicionalmente árido paulistano, foi criada uma complexa floresta de Mata Atlântica com árvores adultas, arbustos e palmeiras de diferentes portes e espécies cercadas por paisagismo com lagos naturais e piscinas, possibilitando uma experiência não somente estética ao cliente, mas sensitiva em meio a natureza original. Local: São Paulo, SP Arquitetura do empreendimento: Jonas Birger Arquitetura do estande: Carlos Rossi Implantação: Cardim Arquitetura Paisagística veja mais:
Leia Mais ›

Parque Gabriel Chucre – Paisagismo e Floresta de Bolso

Parque na Grande São Paulo com 135.000 m² em um local de antigo aterro, com muito gramado, raras árvores e quase sem sombra, o Gabriel Chucre apresenta um grande desafio para se tornar eficiente em serviços ambientais e conforto térmico aos usuários. O projeto de paisagismo foi criado para reformular inteiramente as áreas verdes, unindo nossa experiência em Floresta de Bolso de locais semelhantes como o Parque Cândido Portinari e arborização urbana, prevendo diferentes estratégias para a rápida formação de microclima. Todas as mudas a serem implantadas são nativas e virão do viveiro do Legado das Águas, a maior reserva privada de Mata Atlântica do Brasil, que fica 90 km distante. Local: Carapicuíba, SP Cliente: Votorantim Cimentos Parceiros: Legado das Águas Reserva Votorantim e Governo do Estado de São Paulo
Leia Mais ›

Jardim Brasil – Mostra de Paisagismo Urbano

Jardim Brasil foi a 1° Mostra de Paisagismo Urbano em São Paulo, na Avenida Brasil, emblemática na metrópole. Com a participação de 12 escritórios de paisagismo, a proposta foi doar a cidade novas áreas verdes que só seriam possíveis em projetos privados sofisticados, procurando adaptar a condição urbana de baixa manutenção e poluição direta. Nosso projeto foi feito somente com espécies rústicas da Mata Atlântica, resistentes a escassez hídrica, poluição do ar e rápido crescimento. O local é um estreito canteiro central entre a Alameda Gabriel Monteiro da Silva e Rua Atlântica, no Jardim Europa. Na escavação foram encontradas três camadas de asfalto e concreto até a terra original, que recebeu árvores como a copaíba, embaúba, gameleira, ingá e canjambo. As palmeiras foram maciços de jerivás e aléias de gabrielzinho, e de forração guaimbé e carqueija, uma inovação. Local: São Paulo, SP Facilitadores: Artefacto Beach & Country, Farah Service e Prefeitura de São Paulo
Leia Mais ›

Edifício SOHO

Plantio de paisagismo com escolha de espécies e composições, exclusivo com nativas da Mata Atlântica, incluindo pomar com árvores frutíferas raras, como cambucá, cereja brasileira, cambuci, cabeludinha e outras dez espécies. As árvores são o destaque do empreendimento, que recebeu um grande adensamento em torno do prédio para proteger os moradores com serviços ambientais como redução de temperatura, filtragem do ar e redução da poluição sonora. Todas atraem a fauna como pássaros da Mata Atlântica e polinizadores. Destaque é a canela amarela, árvore de madeira nobre muito rara hoje na cidade e que vive mais de 200 anos, que teve três grandes exemplares plantados na portaria. Local: São Paulo, SP Incorporadora: Veiga Junior
Leia Mais ›

Estande Edifício Galeria 90

Projeto de paisagismo para edifício residencial na Rua Casa do Ator, recebeu em sua grande área espécies da Mata Atlântica e Cerrado em linguagem contemporânea. A espécie símbolo do projeto é o cambucá, uma árvore frutífera que produz uma jabuticaba “gigante” doce e suculenta, de casca amarela, e que hoje está praticamente desaparecida. Uma bela muda da espécie foi colocada no estande, e depois de concluídas as obras, ficará no jardim para os moradores apreciarem. Local: São Paulo, SP Arquitetura: Carlos Rossi Incorporadora: Gamaro  
Leia Mais ›

Edifício Galeria 90

Um projeto de paisagismo contemporâneo, com piscina de linhas retas, mas especificado somente com espécies nativas da Mata Atlântica, assim é o Galeria 90.  Cores, formas e frutos que atraem a atenção pela beleza e ajudam a reequilibrar o meio ambiente urbano, além de diminuir a manutenção e o uso de água. O projeto tem o objetivo de apresentar a cidade verde do século 21, aquela que sabe conviver o conforto da modernidade com a herança natural mais rica do planeta. Um destaque do projeto é o cambucá, verdadeira joia da Mata Atlântica, uma fruta de sabor delicado e refrescante, outrora comum nos quintais e florestas de séculos atrás. Parecida com uma grande e suculenta “jabuticaba-gigante”, de quem é prima, teve na época do Império uma apreciadora famosa, a Princesa Isabel, que adorava seus frutos e os tinha no seu jardim. A Cardim Arquitetura Paisagística foi resgatar essa preciosidade da biodiversidade brasileira no projeto do Galeria 90 Gamaro.” Local: Vila Olímpia, SP Arquitetura: Deise Marques Araújo Incorporadora: Gamaro
Leia Mais ›

Edifício Norden

Projeto de arquitetura paisagística com piscina em linhas orgânicas todo em espécies do bioma Cerrado e Mata Atlântica e vegetação densa nas fachadas e cobertura. Local: Goiânia, GO Arquitetura: Norden Arquitetura Incorporadora: Contato / Fleury  
Leia Mais ›

Condomínio Piscine Station

Situado no Brás, um dos bairros com menor índice de áreas verdes de São Paulo, esse empreendimento teve como desafio criar um oásis de vegetação e serviços ambientais aos moradores e resgatar a biodiversidade nativa na região.  Com piscinas inspiradas no litoral Norte da Serra do Mar e densa vegetação, o paisagismo cria ambientes aconchegantes e agradáveis em diferentes situações para contemplação e lazer. Outros equipamentos projetados foram quadras, florestas de bolso com clube infantil e restaurantes em vagão de trem. Em maio de 2017, o projeto de paisagismo recebeu uma matéria com mais de 8 minutos no Bom Dia São Paulo da Rede Globo. Local: São Paulo, SP Incorporação: Gamaro Arquitetura: Jonas Birger Projeto de interiores: Carlos Rossi   mais fotos
Leia Mais ›

Acqua Park Alphaville

Edifício residencial situado em Alphaville, São Paulo, com mais de 600 unidades, este empreendimento recebeu um projeto completo de arquitetura paisagística, com o desenho de piscinas orgânicas bordeadas por densa vegetação de Mata Atlântica, pomar nativo, Floresta de Bolso com equipamentos de recreação infantil, playground, churrasqueiras e quadras esportivas. Local: Alphaville, SP Arquitetura: Kartal Arquitetura Incorporadora: CNA Spitaletti mais fotos:
Leia Mais ›